MENU
Utopia Luanda, acrílico sobre papel artesanal, 100 x 100 cm
Futuris, acrílico sobre papel artesanal, 101 x 102 cm
Evolution Post War, acrílico sobre papel artesanal, 96 x 97 cm

Francisco Vidal

10322
0

PORTUGAL, (1978, Lisboa) Filho de mãe cabo-verdiana e pai angolano, Francisco diz que a suas origens fazem parte do seu trabalho, ao que afirma: “É o ritmo do meu corpo que determina o meu trabalho como africano.” Os seus trabalhos vão desde o desenho, a escultura e a instalação, construindo um universo que não visa a categorização fácil. De forma evidente, o seu trabalho debruça-se sobre temas como a raça, diferença, negritude e diáspora africana, assim como reflecte a sua herança, e o seu desenvolvimento enquanto pessoa e na sua percepção. Faz parte do nome colectivo Estúdio Candonga com Rita Guedes Tavares, e do projecto Pietá com Teodolinda Semedo.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS 2012 Golden Refugees (2011/2012), Estação de Metro – Baixa Chiado, Lisboa, Portugal. African Industrial Revolution – Francisco Vidal e Rita GT, Estúdio Candonga, Luanda, Angola. Agora, a Seguir e Como, Museu de Arte, Viana do Castelo, Portugal. Piratería y Estudios sobre el Caballero de Calatrava (2010), Museu Internacional do Chile, Santiago, Chile. 2009 youtube_painting@barbearia_africana.com, Galeria 111, Lisboa, Portugal. 2007 Água, Galeria 111, Lisboa, Portugal. Ecotone, Galeria 111, Lisboa, Portugal. 2 2006 Subbus, Galeria 111, Porto, Portugal. Pause 05.05.06, VPF Cream Arte, Lisboa, Portugal. 2004 Street Fighters, Galeria ZDB, Lisboa, Portugal. Eilibillie! – Projecto Bunker, Museu do Ciclismo, Caldas da Rainha, Portugal. Lago dos Patinhos, Centro Cultural de Lagos, Lagos, Portugal. Checkin, Palácio Contador-Mor, Lisboa, Portugal.

EXPOSIÇÕES COLECTIVAS 2010 João César Monteiro, Assim e Não Assado, Convento dos Cardaes, Lisboa, Portugal. 2008 Mundos Locais – Espaços, Visibilidades e Fluxos Transculturais, Centro Cultural de Lagos, Lagos, Portugal. Toldos no Jardim, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal. 2007 ARCO 2007 – Feira de Arte Contemporânea, Galeria 111, Madrid, Espanha. 2006 Arte Lisboa, Galeria 111, Lisboa, Portugal. 9370-111, Galeria das Mudas, Calheta (Madeira), Portugal. 2005 Em Fractura – Colisão de Territórios, Hangar K7 da Fundação de Oeiras, Oeiras, Portugal. Acção Tradução, Galeria ZDB, Lisboa, Portugal. Travel, Plataforma Revólver, Lisboa, Portugal. Vista Parcial, Galeria Municipal Lagar de Azeite, Oeiras, Portugal. 3 A Arquitectura como Qualquer Coisa de Provisório – Alunos da Escola Maumaus, Lisboaphoto, Lisboa, Portugal. Anteciparte, Estufa Fria, Lisboa, Portugal. Prémio EDP, Pavilhão de Portugal, Coimbra, Portugal. 2004 Oh Dear, Galeria ZDB, Lisboa, Portugal. 2002 Ilustração Portuguesa 2002, Pavilhão de Portugal / Parque das Nações, Lisboa, Portugal. Os Meus Monstros, Pavilhão de Portugal / Parque das Nações, Lisboa, Portugal. Caldas Late Night, Caldas da Rainha, Portugal. 2001 Salão Lisboa 2001, Cordoaria Nacional, Lisboa, Portugal. Caldas Late Night, Caldas da Rainha, Portugal. 2000 Laboratório dos Cinco Sentidos, ESAD, Caldas da Rainha, Portugal.