MENU
Vasco da Gama não sabe nadar yo, óleo sobre tela, 110 x 90 cm, 2005

Carlos Carreiro

636
0

Nasceu em 1946 em Ponta Delgada, é Professor Associado da Faculdade de Belas Artes do Porto, em 1976 formou o grupo Puzzle com Graça Morais, Jaime Silva, Dario Alves, Albuquerque Mendes, Fernando Pinto Coelho, Pedro Rocha, João Dixo e Armando Azevedo. Realizou 68 exposições individuais das quais se destacam: Galerias : Zen , JN , 111, Modulo, EG, Bertrand, Roma e Pavia, SNBA, Diagonal, Galeria da Praça, Arvore, Soctip, Diagonale (Paris), Arco 8, Marconi, Lídia Cruz, Artesis, Almadarte, Mário Sequeira, Presença (Coimbra), Degrau Arte, Sala Maior, Espaço Branco, Galeria São Mamede e Galeria, Museu Municipal Amadeo de Souza Cardoso. Museu Carlos Machado (Ponta Delgada). Carmina Galeria (Angra do Heroísmo), Centro Municipal da Cultura (Ponta Delgada).
Participou em Portugal e no estrangeiro em mais de 300 exposições colectivas:
Feiras de Arte: Arco – 98, Galeria Fernando Santos e ART/COLOGNE 01 Galeria Sala Maior. Na 6ª e 7ª Mostra Union Fenosa” na Corunha. “Porto 60/70 – Os Artistas e a cidade”, no Museu de Serralves” 2001, e desde 2005 participou na “Arte Lisboa”, pela Galeria Sala Maior.
Prémios: Ao longo da sua carreira recebeu 15 prémios de pintura e menções honrosas em que se destacam em 1984: I Exposição de Arte Banco do Fumento Nacional, Prémio de Pintura Verbo Postal, o futuro é já hoje? C.A.M da F. Gulbenkian. Prémio de presença. Em 1996 Prémio Nacional de Pintura da 2ª Bienal de Artes Plásticas da AIP. Prémio BMW – Art – Car , Bienal de Cerveira, Agosto de 1997, em 10 de Junho de 2006 o Presidente da Republica atribuiu-lhe a Condecoração de Grande Oficial da Ordem de Mérito.
Ultimas exposições individuais: “Portugal óbviamente” Sala Maior, Porto, Setembro 2005. “S. Miguel obviamente” Galeria do Centro Municipal da Cultura de Ponta Delgada, Dezembro 2005. Exposição Antológica nos Museus das Flores e da Graciosa, Verão de 2006. Exposição individual na Galeria Carmina, Angra do Heroísmo, 2007, “Ponta Delgada obviamente” Galeria do Centro Municipal da Cultura de Ponta Delgada, Setembro de 2009. “Consumo, candidatos e promessas” Galeria São Mamede, Porto, Janeiro de 2010 e Lisboa, Abril de 2010
Exposição colectiva “O Padre António Vieira nos Açores” Ano Vieirino, Centro Municipal da Cultura da Ponta Delgada, Lisboa, Aveiro e Funchal, 2008/09.
Participou em 2009 com o grupo Puzzle na exposição “Anos 70 – atravessar fronteiras” no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian. De Setembro a Dezembro de 2009, participou numa exposição colectiva de 6 artistas açoreanos na Galeria Fonseca e Macedo de Ponta Delgada.