MENU
Deixem o Professor em Paz, acrílico sobre tela, 110 x 90 cm, 2015
O grande golpe do Samurai, acrílico sobre tela, 78,5 x 78,5 cm, 2015
Vasco da Gama não sabe nadar yo, óleo sobre tela, 110 x 90 cm, 2005
Paisagem com Rinoceronte, acrilico sobre tela, 90 x 110 cm, 2018
Visita ao vale do Peixe Elefante, acrilico sobre tela, 51 x 83 cm
Aldeia das cerejas gigantes, mista sobre papel, 50 x 35 cm

Carlos Carreiro

1784
0

Nasceu em 1946 em Ponta Delgada, é Professor Jubilado, Associado da Faculdade de Belas Artes do Porto, em 1976 formou o grupo Puzzle com Graça Morais, Jaime Silva, Dario Alves, Albuquerque Mendes, Fernando Pinto Coelho, Pedro Rocha, João Dixo e Armando Azevedo.

Realizou 73 exposições individuais das quais se destacam: Galerias: Zen, JN, 111, Modulo, EG, Bertrand, Roma e Pavia, SNBA, Diagonal, Arvore, Diagonale (Paris), Arco 8, Mário Sequeira, Presença (Coimbra), Degrau Arte, Sala Maior, Galeria São Mamede e Galeria, Museu Municipal Amadeo de Souza Cardoso. Museu Carlos Machado (Ponta Delgada). Carmina Galeria (Angra do Heroísmo), Centro Municipal da Cultura (Ponta Delgada) e Galeria Fonseca Macedo (Ponta Delgada).

Participou em Portugal e no estrangeiro em mais de 300 exposições colectivas:

Feiras de Arte: Arco – 98, Galeria Fernando Santos e ART/COLOGNE 01 Galeria Sala Maior. Na 6ª e 7ª Mostra Union Fenosa” na Corunha. “Porto 60/70 – Os Artistas e a cidade”, no Museu de Serralves” 2001, e desde 2005 participou na “Arte Lisboa”, pela Galeria Sala Maior.

Prémios:

Ao longo da sua carreira recebeu 15 prémios de pintura e menções honrosas em que se destacam em 1984:  I Exposição de Arte Banco do Fumento Nacional, Prémio de Pintura Verbo Postal, o futuro é já hoje? C.A.M da F. Gulbenkian. Prémio de presença. Em 1996 Prémio Nacional de Pintura da 2ª Bienal de Artes Plásticas da AIP. Prémio BMW – Art – Car, Bienal de Cerveira, agosto de 1997, em 10 de Junho de 2006 o Presidente da República atribuiu-lhe a Condecoração de Grande Oficial da Ordem de Mérito.

Últimas exposições individuais:

“Consumo, candidatos e promessas” Galeria São Mamede, Porto, janeiro de 2010 e Lisboa, abril de 2010. Galeria Fonseca e Macedo, Ponta Delgada, em 2012. “Carlos Carreiro na colecção de Carlos Carreiro”, na Galeria Municipal de Matosinhos, 2011, Fundação D. Luís I, Cascais, 2015 e CAE, Figueira da Foz, 2015. “Carlos Carreiro, 70 anos, 70º exposição individual, é uma festa!”, Galeria da Biblioteca Municipal Tomás Borba Vieira, Lagoa, S. Miguel, Açores, abril de 2016, galeria Mando Porto 2017, galeria Instituto de Estudos da Macaronésia, Cidadela de Cascais, Cascais, 2018.

Exposições colectivas :

Participou em 2009 com o grupo Puzzle na exposição “Anos 70 – atravessar fronteiras” no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian. De Setembro a Dezembro de 2009, participou numa exposição colectiva de 6 artistas açoreanos na Galeria Fonseca e Macedo de Ponta Delgada. Em 2011, galeria o Rastro, em Almancil/Algarve.

Em 2010, “Grupo Puzzle, Pintura colectiva = Pintura individual” – (Antológica 1976-1981), CAE, Figueira da Foz.